Logo - Ageing Summit
Oradores
Ricardo Fernandes
O Ricardo é licenciado em Economia pela Faculdade de Economia do Porto, curso que concluiu no ano de 2002. Nesse mesmo ano iniciou o seu percurso profissional ao ingressar na equipa de Tesouraria e Finanças da Sonae SGPS - a holding do Grupo SONAE onde desempenhou funções de gestão de tesouraria e gestão de riscos financeiros durante 8 anos. Em 2010 inicia um novo ciclo de carreira, desta vez na SONAE SR - a holding de retalho especializado da SONAE. Nesse novo ciclo esteve, primeiro, ligado à internacionalização das várias insígnias de retalho especializado (Zippy, Mo, Worten, Sport Zone) e mais tarde, integrou a equipa da Sport Zone. O percurso na Sport Zone contou com uma passagem pela equipa de Business Intelligence tendo, mais tarde, assumido a gestão da área de Customer Centricity onde foi responsável pelo cartão Sport Zone e pelo Serviço ao Cliente da marca. No início de 2016 o Ricardo abraçou o desafio de reestruturar a área de Serviço ao Cliente da SONAE MC - a holding de retalho alimentar da SONAE - função que desempenha aos dias de hoje. Para além das suas funções o Ricardo está ligado a um conjunto de projetos transversais da companhia sendo um deles o de abordagem à temática do Ageing.
Nelson Machado
CEO Bancassurance, Vida e Pensões Membro da Comissão Executiva da Ageas Portugal Nelson Machado (15-09-1959) é natural do Porto e é licenciado em Economia pela Universidade de Economia do Porto. Durante vários anos foi também assistente na mesma universidade e na Faculdade de Engenharia. Desempenhou diversos cargos de Direção no Grupo Millennium bcp desde 1982, nomeadamente Administrador de várias empresas: Membro do Conselho de Administração da Banca Millennium na Grécia; Vice-presidente do "Conseil de Surveillance" do Banque BCP em França; Vicepresidente do CA do Millennium bcp - Prestação de Serviços, ACE e Membro do CA do Mbcp; Membro do Conselho de Administração do Millennium BCP de 2008 a Abril de 2011. Neste ano até 2016 desempenhou funções de CEO e Vice-presidente do CA do Banco ActivoBank, S.A.. Em julho 2016 integrou os quadros da Ageas e passou a CEO Bancassurance, Vida e Pensões e também Membro da Comissão Executiva da Ageas Portugal.
Pedro Duarte
Desde 2011 é Diretor de Corporate, External and Legal Affairs da Microsoft Portugal. Foi Deputado à Assembleia da República nas VII, VIII, IX, X e XI Legislaturas entre 1999 e 2011. Consultor na Miranda, Correia, Amendoeira & Associados Law Firm até 2011. Entre 2004 e 2005 foi Secretário de Estado da Juventude no XVI Governo Constitucional, e durante três anos, a partir de 2002 foi Presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura e Membro da Assembleia Parlamentar da NATO, em representação do Parlamento Português. Doutorando em "Estudos de Desenvolvimento" pelo ISEG - Lisbon School of Economics and Management, concluiu o Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus pela mesma instituição. Em 2008 concluiu o International MBA Católica Porto Business School. É Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica do Porto.
Alexandra Lopes
Alexandra Lopes é doutorada em Social Policy pela London School of Economics e Professora Agregada em Sociologia pela Universidade do Porto. Desenvolve a sua atividade profissional como docente no Departamento de Sociologia da Universidade do Porto e ocupa, presentemente, o lugar de Diretora do centro de investigação Instituo de Sociologia da Universidade do Porto. Os seus interesses no campo da investigação científica no domínio das questões sobre o envelhecimento incluem a análise dos sistemas de cuidados, numa perspetiva comparativa internacional, com enfoque particular nos métodos de avaliação da performance e dos impactos dos sistemas de cuidados em contextos familistas. A esse propósito, coordena a equipa Portuguesa que faz parte do Projeto SPRINT - Social Protection Innovative Investment in Long-Term Care, um projeto internacional financiado no âmbito do programa Horizonte 2020 e que procura analisar os impactos sociais de diferentes modalidades de organização de cuidados a idosos, tendo em vista o desenvolvimento de ferramentas de avaliação e de mapas de impacto que possam assistir os decisores políticos nos processos de escolha e decisão sobre o desenho de políticas públicas no domínio. Tem várias publicações, nacionais e internacionais, sobre estes temas.
António Miguel
Antonio liderou a estruturação de quatro obras sociais com impacto em Portugal, liderou q assessoria técnica para a criação da Iniciativa Portugal Inovação Social (instituição de investimento social com fundos estruturais europeus de 150 milhões de euros em Portugal) e lidera o trabalho técnico do Grupo de Trabalho de Investimento Social Português como parte da GSG. Anteriormente trabalhou na Social Finance UK, onde desempenhou diferentes cargos no desenvolvimento do mercado (Canadá, Japão) e Social Impact Bonds. Antonio é professor da NOVA SBE onde ensina microfinanças e instrumentos inovadores de finanças sociais. Possui um Mestrado em Administração de Empresas da Universidade Católica de Lisboa e é um Global Shaper do Fórum Económico Mundial.
Elísio Costa
Professor do Departamento de Ciências Biológicas da Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto e investigador da Unidade de Pesquisa em Bioquímica Molecular Aplicada da mesma instituição. É membro da Parceria Europeia de Inovação sobre Envelhecimento Ativo e Saudável, sendo o cocoordenador de um dos objetivos deste Grupo de Ação. Além disso, É o coordenador científico do site de referência EAP-AHA de duas estrelas Porto4Ageing. É autor de mais de 150 publicações e colaborou em projetos de investigação nacionais e internacionais no campo das doenças crónicas, nomeadamente doença renal crónica e envelhecimento. Também é coordenador da UPAgeing NetWork - um centro de competências da Universidade do Porto, que pretende trabalhar como centro de convergência de todas as competências e conhecimentos da Universidade no campo do envelhecimento.
Maria João Valente Rosa
Doutorada em Sociologia pela da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa Professora Auxiliar do departamento de Sociologia da FCSH/UNL, Directora da Pordata - Base de dados Portugal Contemporâneo - projecto da Fundação Francisco Manuel dos Santos Sócia fundadora do projecto Social Data Lab Integra o Conselho Superior de Estatística, na qualidade de membro de reconhecida reputação de mérito científico e independência e o Conselho Executivo do Comité Consultivo Europeu da Estatística (ESAC), pertencendo ao executive board deste Comité. Foi Subdirectora Geral do Gabinete de Planeamento, Estratégia, Avaliação e Relações Internacionais, Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, e Directora Geral do Gabinete de Informação e Avaliação do Sistema Educativo, Ministério da Educação, assim como Vice-Presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. As suas áreas principais de investigação são: Envelhecimento demográfico e societal, Migrações internacionais, Natalidade e Fecundidade, Cenários Demográficos e Prospectiva. Das suas publicações mais recentes destacam-se: "Envelhecimento demográfico e desenvolvimento social" in Ética Aplicada: Protecção Social, Edições 70, 2017, pp. 299-319 Que número é este? um guia sobre estatísticas para jornalistas (em colab.), Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2017 Os Reformados e os Tempos Livres, Inatel/Formedia, 2015 Portugal e a Europa: os números (em colab.), colecção de ensaios Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2013 O Envelhecimento da Sociedade Portuguesa, colecção de ensaios da Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2012 Portugal: os números (em colab.), colecção de ensaios Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2010
Nelson Machado
CEO Bancassurance, Vida e Pensões Membro da Comissão Executiva da Ageas Portugal Nelson Machado (15-09-1959) é natural do Porto e é licenciado em Economia pela Universidade de Economia do Porto. Durante vários anos foi também assistente na mesma universidade e na Faculdade de Engenharia. Desempenhou diversos cargos de Direção no Grupo Millennium bcp desde 1982, nomeadamente Administrador de várias empresas: Membro do Conselho de Administração da Banca Millennium na Grécia; Vice-presidente do "Conseil de Surveillance" do Banque BCP em França; Vicepresidente do CA do Millennium bcp - Prestação de Serviços, ACE e Membro do CA do Mbcp; Membro do Conselho de Administração do Millennium BCP de 2008 a Abril de 2011. Neste ano até 2016 desempenhou funções de CEO e Vice-presidente do CA do Banco ActivoBank, S.A.. Em julho 2016 integrou os quadros da Ageas e passou a CEO Bancassurance, Vida e Pensões e também Membro da Comissão Executiva da Ageas Portugal.
Stefan Madsen Sjødahl
Stefan Madsen Sjødahl possui um mestrado em TI da saúde da Universidade do Sul da Dinamarca e a sua experiência nos domínios das TI da saúde abrange a comunicação eletrónica entre hospitais, municípios, GP e empresas privadas. Atualmente desempenha funções como gerente de projeto no Centro de Inovação da Saúde do Sul da Dinamarca, onde está envolvido em vários projetos de TI, com foco na introdução de uma nova solução de TI de apoio domiciliário, apoiada por profissionais de saúde e empresas privadas.
John Farrell
John Farrell é fundador e diretor da LANUA International Healthcare Consultancy sendo sua missão impelir uma transformação na área da saúde e assistência social, incluindo a adoção e implementação, em escala, de práticas e soluções tecnológicas inovadoras, incluindo a inovação digital, que melhorará a prestação de serviços de saúde e assistência e a sua sustentabilidade e eficiência. John trabalhou para o Departamento de Saúde da Irlanda do Norte, onde teve mais de 12 anos de experiência na gestão da política e estratégia de saúde e assistência, nas áreas de eHealth, envolvimento europeu, Ciências da vida e da saúde, saúde e crescimento económico sustentável, transformação da saúde, serviços de cuidados primários e comissionamento. John liderou o Northern Ireland European Innovation Partnership no site de referência sobre envelhecimento ativo e saudável entre 2012 e 2016, quando a Irlanda do Norte obteve o status de 4 Star Reference Site. Em 2013 estabeleceu e é atualmente o Conselheiro Estratégico do EIP on AHA Reference Site Collaborative Network (RSCN). O RSCN reúne todos os 74 sites de referência na Europa para compartilhar conhecimentos e experiências em inovação na área da saúde e desenvolve parcerias para enfrentar desafios comuns. Também foi conselheiro da política da Comissão Europeia sobre Envelhecimento Ativo e Saudável e contribuiu para o projeto de Plano de Inovação Digital na Europa.
Javier Ganzarain
Javier Ganzarain (Mestre), Diretor de Projetos de Pesquisa da AGE Platform Europe, (masculino) possui um curso de Ciências da Computaçãoda Universidade do País Basco (Espanha) e um Mestrado em Design e Gestão de Sistemas de Comunicação do Centre d'Ingénierie Des Technologies de la Communication (França e Espanha). Ganhou ampla experiência internacional em várias áreas de gerenciamento de projetos e TI enquanto trabalhava na Alemanha, primeiro na Agência Espacial Europeia como engenheiro de telecomunicações, depois numa empresa de consultoria multinacional (Atos Origin) como Especialista em TI sénior e numa empresa de pesquisa alemã como engenheiro sénior de software e líder de projeto. Foi, nos últimos 13 anos, o líder do Departamento de P&D no Tioman & Partners, SL, que ele cofundou, dedicando-se a promover e facilitar a inovação para um melhor envelhecimento. Em 2016 e 2017 foi Promotor do Action Group C2 "Interoperable independent living solutions" da Parceria Europeia de Inovação sobre Envelhecimento Ativo e Saudável. As suas áreas de pesquisa de interesse incluem Human Centered Innovation, Design e Criatividade. Atualmente é Diretor de Projetos de Pesquisa na AGE Platform Europe (Bruxelas, Bélgica), Proprietário da AFEdemy e Diretor de Inovação da INNJOY (Barcelona, Espanha) colaborando como professor do módulo "Tecnologia ao serviço das necessidades das pessoas"
Karim Merali
Karim Merali, formado em Gestão com uma especialização na área de Turismo e Hotelaria. Desde 1983, tem sido um voluntário da Fundação Aga Khan. Em 1998 é nomeado membro do Conselho Nacional da Fundação Aga Khan em Moçambique com responsabilidades na área de governação da Instituição. Em 2001 assume o cargo de CEO da Fundação Aga Khan em Moçambique, com responsabilidades diretas na gestão global da unidade e seus programas. Em 2007 é indigitado para Presidente Executivo do Polana Serena Hotel em Moçambique do Fundo Aga Khan para o Desenvolvimento Económico, com responsabilidades no desenvolvimento da estratégia de expansão do Grupo Serena em Moçambique e a gestão do Polana Serena Hotel. Em Setembro de 2012 regressa a Portugal para assumir o cargo de CEO da Fundação Aga Khan em Portugal.
Bárbara Gomes
Bárbara Gomes é Investigadora do King's College London desde 2004 e Investigadora Convidada no ISPUP desde 2013. Licenciou-se em Psicologia e Saúde na Universidade do Porto em 2001, concluiu o Mestrado em Cuidados Paliativos no King's College London em 2006 e o doutoramento em Cuidados Paliativos na mesma Universidade em 2012 com uma investigação sobre os factores e resultados associados com morte em casa para doentes oncológicos. Tem também formação em epidemiologia, estatística e economia da saúde. Em 15 anos de trabalho de pesquisa, publicou mais de 60 artigos em revistas internacionais, algumas das quais já estão entre as mais citadas no seu campo. As área de investigação estão ligadas a locais de perecimento e quais os fatores e os resultados associados à morte em casa para os pacientes e seus cuidadores familiares. Liderou vários estudos sobre cuidados em fim de vida, incluindo projeções de mortalidade por local de falecimento no Reino Unido e em Portugal, um levantamento de mortalidade com parentes de pacientes com cancro em Londres (Reino Unido) e uma pesquisa de população pan-europeia sobre preferências e prioridades para cuidados em fim de vida, financiados pela Comissão Europeia. É a primeira autora de uma análise Cochrane sobre a eficácia e a relação custo-benefício dos serviços de cuidados paliativos domiciliários para adultos, tendo sido demonstrado que esses serviços duplicam as hipóteses de morrer em casa com uma carga reduzida de sintomas para os pacientes. A sua pesquisa alertou políticas de saúde e desencadeou o planeamento estratégico, a evolução dos serviços, bem como o diálogo com o público e os meios de comunicação sobre os cuidados paliativos na Europa e além.
Cândida Santos
Mestre em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade do Minho. Possui uma vasta experiência como gestora que sempre associou à docência. As pessoas, as suas múltiplas motivações, o grande desafio que é geri-las foi desde sempre um propósito. Enquanto Diretora de Recursos Humanos em empresa industrial a nível internacional, concebeu, desenvolveu e implementou Políticas e Processos de Gestão de Pessoas. Atualmente é Diretora dos Serviços de Carreira e Docente na Porto Business School.
Luís Valente Oliveira
Licenciou-se em Engenharia Civil na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 1961. Em 1973, prestou provas e obteve o grau de Doutor em Engenharia Civil pela mesma Universidade. Frequentou, na Haia (Holanda) o Institute of Social Studies onde obteve, em 1969, o Diploma de Planeamento do Desenvolvimento Regional. Estudou, em Londres, no Imperial College, da Universidade de Londres, onde obteve, em 1971 o grau de Master of Science em Planeamento de Transportes. Foi, desde 1980 até 1997, Professor Catedrático da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Paralelamente à carreira académica, foi Director do Gabinete Técnico da Comissão de Planeamento da Região do Norte, de 1973 a 1975. Ficou encarregado da Gestão da Comissão entre 1975 e 1978. De 1979 a 1985 foi Presidente da Comissão de Coordenação da Região do Norte. Exerceu as funções de Ministro da Educação e Investigação Científica entre 1978 e 1979. Voltou ao Governo em 1985, tendo sido Ministro do Planeamento e Administração do Território até 1995. Foi de 2002 a 2003 Ministro das Obras Públicas, Transportes e Habitação. Foi fundador e primeiro presidente eleito da Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da União Europeia, bem como Presidente do Conselho Científico. Foi representante do Governo Português e perito, a título individual, em diversas comissões técnicas da OCDE e do Conselho da Europa. Foi responsável pela preparação e pela negociação, junto do Banco Mundial, do Programa de Desenvolvimento Integrado de Trás-os-Montes e Alto-Douro e, posteriormente, pela sua execução. Foi Vice-Presidente da Associação Empresarial de Portugal, Vice-Presidente do Conselho Geral da Escola de Gestão do Porto, Administrador não-executivo do Parque Expo, S.A., vogal da Direcção da Fundação D. Manuel II. Foi Administrador da AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL e da sua Fundação. Publicou mais de duas dezenas de livros e mais de duas centenas de artigos sobre matérias da sua especialidade académica ou da sua responsabilidade política. É condecorado com a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo (Portugal - 2004), com a Grã-Cruz da Ordem do Infante (Portugal - 1980), com a Grã-Cruz da Ordem do Cruzeiro do Sul (Brasil - 1987) e com a Grã-Cruz da Ordem de Honra (Grécia - 2002) e com o grau de Comendador da Ordem da Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa de Portugal (Portugal - 2002). É Chevalier de la Légion d'Honneur (France - 2008). Tem a Medalha de Ouro da Ordem dos Engenheiros (2017). É condecorado com Grã-Cruz da Ordem Militar de Sant'iago da Espada (Dez.2017). É Doutor Honoris Causa pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (2013). Fundador Honorário da Fundação de Serralves (2015) Sócio Honorário da AEP-Associação Empresarial de Portugal (2015) É Presidente do Conselho de Fundadores da Casa da Música. É membro do Conselho Consultivo das Fundações (Presidência do Conselho de Ministros) É Presidente do Conselho Geral da Universidade do Minho.
Manuel Sobrinho Simões
Médico, professor emérito da Universidade do Porto, especialista em cancro. Publicou cerca de 350 artigos científicos que deram origem a cerca de 13000 citações. Fundador e director do Ipatimup. Fundador e co-director do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade do Porto (i3S). Presidente do Conselho Nacional dos Centros Académicos Clínicos e do Conselho de Curadores da A3ES. Presidiu à Sociedade Europeia de Patologia de 1999 a 2001 tendo criado Centros da Escola Europeia de Patologia em vários países. Foi votado pelos seus pares, em 2016, o "Patologista mais influente do mundo". Entre outras distinções recebeu o Prémio Bordalo (1996), Prémio Seiva (2002), Prémio Pessoa (2002), Prémio Personalidade Saúde-Sustentável (2015), Grande Prémio Ciência Viva (2016) e Prémio de Excelência em Gestão da Ordem dos Médicos (2017). Foi condecorado com as Comendas de Oficial e de Grande Oficial da Ordem Real da Noruega (2003 e 2010, respectivamente) a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique (2004) e a Grã Cruz da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada (2017).Trabalhou sempre no regime de dedicação exclusiva.
Pedro Duarte
Desde 2011 é Diretor de Corporate, External and Legal Affairs da Microsoft Portugal. Foi Deputado à Assembleia da República nas VII, VIII, IX, X e XI Legislaturas entre 1999 e 2011. Consultor na Miranda, Correia, Amendoeira & Associados Law Firm até 2011. Entre 2004 e 2005 foi Secretário de Estado da Juventude no XVI Governo Constitucional, e durante três anos, a partir de 2002 foi Presidente da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura e Membro da Assembleia Parlamentar da NATO, em representação do Parlamento Português. Doutorando em "Estudos de Desenvolvimento" pelo ISEG - Lisbon School of Economics and Management, concluiu o Mestrado em Economia Internacional e Estudos Europeus pela mesma instituição. Em 2008 concluiu o International MBA Católica Porto Business School. É Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Católica do Porto.
Maria Amélia Ferreira
Licenciada pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), 1978; Doutoramento pela Universidade do Porto (FMUP), 1985; Professora Catedrática da FMUP, desde 1993; "Postgraduate Diploma" em Educação Médica, Universidade de Cardiff, 1997; Prémio Educação, Fundação Calouste Gulbenkian, 2011; Prémio Consagração de Carreira D. Antónia, 2016; Personalidade Profissional, Rotários de Vila Nova de Gaia, 2018; Conselheira para a Igualdade de Género em Marco de Canaveses, 2018. Provedora da Santa Casa da Misericórdia de Marco de Canaveses, desde 2012; Diretora da FMUP, desde Novembro de 2014. Atuais Interesses de Investigação: Medicina Social; Educação Médica; Modelos Educativos nas Ciências da Saúde; Cooperação e Desenvolvimento; Gestão das Instituições de Ensino Superior; Gestão de Instituições de Solidariedade Social.
Arnaud Senn
Arnaud SENN juntou-se à Comissão da UE (DG Emprego) em 2010 e foi, mais especificamente, responsável pela elaboração do Relatório de Segurança de Longo Prazo da UE em 2014. É agora oficial de um projeto na DG Connect H3 em 2014. A unidade tem um papel de liderança na definição da estratégia da UE sobre estes temas, mesclando política digital, pesquisa e inovação e cooperação com as partes interessadas, através da Parceria Europeia de Inovação. Também apoia uma importante cooperação internacional sobre a dimensão digital. Arnaud é formado no Instituto de Ciências Políticas de Paris, possui formação em Direito Privado. Participou de 1998 a 2008 numa ampla gama de ações de saúde pública em França (programa nacional de triagem de cancro) e trabalhou, de 2008 a 2010, como especialista em Direito no Centro Belga de Conhecimento da Saúde - (KCE-Bruxelas). Publicou vários artigos sobre temas de saúde pública e dossiers de saúde da EU, dando palestras em diferentes universidades.
Filipe Sousa
Filipe Sousa é mestre (2008) e licenciado (2000) em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores na área de Redes de Computadores pela Universidade do Porto. Também recebeu o título de Master in Business Information pela Universidade Católica Portuguesa em 2004. Entre 2000 e 2009 foi investigador no INESC Porto, onde participou ativamente em vários projetos financiados pelos Programas Quadro da UE. Atualmente é Cientista no centro Fraunhofer Portugal AICOS e estudante de doutoramento no programa MAP-Tele pelas Universidades do Minho, Aveiro e Porto. Os seus principais interesses de investigação são a Internet das Coisas, redes móveis  e computação ubíqua. Desempenhou a função de coordenador técnico do projeto AAL4ALL, um dos maiores projectos nacionais em Ambient Assisted Living (AAL). Neste momento coordena no Fraunhofer o departamento de "Connected Things".
Cláudio Santos
Cláudio Lísias Santos nasceu no Porto, Portugal, em 1976. É licenciado em Gestão pela Faculdade de Economia do Porto (1999) e Pós-Graduado em Gestão de Vendas pela Porto Business School (2011). Desde 1999 ligado ao setor das telecomunicações, na Vodafone Portugal, foi gestor comercial do Setor Publico e Grandes Clientes. Em 2004 assumiu responsabilidades de Gestão da força de vendas do Canal Indireto (Agentes). Coordenou também a criação da equipa de Business Developers na área da "Internet das Coisas". Atualmente é responsável de Vendas de uma das equipas de Gestão de Grandes Clientes e Setor Publico.
Ricardo Fernandes
O Ricardo é licenciado em Economia pela Faculdade de Economia do Porto, curso que concluiu no ano de 2002. Nesse mesmo ano iniciou o seu percurso profissional ao ingressar na equipa de Tesouraria e Finanças da Sonae SGPS - a holding do Grupo SONAE onde desempenhou funções de gestão de tesouraria e gestão de riscos financeiros durante 8 anos. Em 2010 inicia um novo ciclo de carreira, desta vez na SONAE SR - a holding de retalho especializado da SONAE. Nesse novo ciclo esteve, primeiro, ligado à internacionalização das várias insígnias de retalho especializado (Zippy, Mo, Worten, Sport Zone) e mais tarde, integrou a equipa da Sport Zone. O percurso na Sport Zone contou com uma passagem pela equipa de Business Intelligence tendo, mais tarde, assumido a gestão da área de Customer Centricity onde foi responsável pelo cartão Sport Zone e pelo Serviço ao Cliente da marca. No início de 2016 o Ricardo abraçou o desafio de reestruturar a área de Serviço ao Cliente da SONAE MC - a holding de retalho alimentar da SONAE - função que desempenha aos dias de hoje. Para além das suas funções o Ricardo está ligado a um conjunto de projetos transversais da companhia sendo um deles o de abordagem à temática do Ageing.